Pavilhão Apoio Parque Aventura

Cliente
Câmara Municipal Almada

Arquiteto
PARATELIER – Leonardo Paiella e Monica Ravazzolo

Ano de Construção
2009

Local
Charneca da Caparica, Portugal

Material utilizado
Madeira de pinho nacional, madeira de pinho lamelada e OSB

Objectivo
Construção de um edifício que concentrasse as funções de portaria, instalações sanitárias e áreas técnicas de apoio ao funcionamento do parque.

Extensão
121,80 m2

Notícia
https://www.archdaily.com.br/br/01-15798/pavilhao-de-apoio-no-parque-aventura-paratelier

Fotografia
Leonardo Finotti
O conceito do edifício surge da necessidade de marcar uma entrada para o Parque, resultando num volume único que sintetiza o programa por inteiro. Este materializa-se numa forma linear e continua, ligeiramente destacado do solo.
Entre volumes, surge um espaço de encontro social, com possibilidades múltiplas de utilização e com possibilidade de se prolongar para a paisagem. Este espaço, de carácter semi-interior, é trabalhado, para o exterior, com um alçado em ripas de madeira que, do lado nascente, é passível de ser aberto, como se de uma ‘cortina’ se tratasse.
No interior elementos completamente opacos e fechados, geometricamente definidos e soltos, ocupam o espaço definindo os espaços de circulação, limitados pelo ripado de madeira.
Os materiais a utilizar na construção do pavilhão é a madeira. Deste modo os alçados são trabalhados com a madeira, propriamente dita, revelando de forma explícita a matéria de construção.
No interior é usada madeira trabalhada e com acabamento com o objetivo de garantir uma certa sofisticação e o conforto dos espaços. A portaria e os espaços comuns são construídos com placas de OSB pintado, e as instalações sanitárias com placas laminadas com cor. No espaço central é utilizado um pavimento em placas de ‘wisa trans’, antiderrapante que poderá permitir a realização de pequenos espetáculos neste lugar.
Fonte @arch daily

 
https://www.toscca.com/pt/ficha-de-projeto